FGC – fundo garantidor de crédito

O Fundo Garantidor de Crédito existe para proteger seus investimentos!

Trata-se de uma “entidade privada, sem fins lucrativos, destinada a administrar mecanismos de proteção a titulares de créditos contra instituições financeiras”, segundo uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), de agosto de 1995.

Essa entidade assegura diversas operações de depósitos e investimentos, no caso de seu dinheiro estar aplicado em alguma instituição que apresente graves problemas financeiros.

Em 2017, o FGC apresentou algumas mudanças em suas regras, porém permanece o limite de R$250 mil por CPF (ou CNPJ) garantido por conglomerado financeiro, ou seja, instituições financeiras e bancos que pertencem ao mesmo grupo.

Uma das mais significativas alterações é para valores contratados a partir de 21 de Dezembro de 2017, que serão revisados a cada 4 anos a contar da data de liquidação ou intervenção da instituição financeira, sendo que durante esse período, o valor total assegurado é de R$1 milhão. Um exemplo para ficar mais claro, supondo que uma das instituições onde você aplicou seu dinheiro faliu e você recebeu R$250 mil do FGC, isso significa que até fechar o prazo de 4 anos, seu valor a ser garantido passa a ser R$750 mil.

Outra mudança, é que agora investidores não-residentes também passaram a ter garantias para investimentos elegíveis.

Para saber mais sobre esse assunto, assista ao vídeo onde explicamos mais detalhes sobre o funcionamento e mudanças do FGC.

Uma resposta para “FGC – fundo garantidor de crédito”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *